Portugal: Engenheiro de TIC detido por fornecer TV Pirata

Engenheiro de TIC detido por fornecer TV Pirata – A Polícia Judiciária (PJ) deteve 16 pessoas para práticas de cardsharing. Recentemente, a PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, identificou e deteve, em flagrante delito, um homem, casado, engenheiro, TIC, suspeito da prática dos crimes de burlar a informática, acesso ilegal e posse de dispositivos ilícitos, entre outros, pelo método de Cardsharing.

No contexto da presente investigação, a Polícia Judiciária procedeu à realização de buscas, no curso do qual foi descoberto que o suspeito tinha diversos equipamentos de informática e equipamentos eletrônicos ligados, acessar e compartilhar conteúdo a partir de televisão e a internet, sem que para isso foi legitimado e autorizado, e de que o equipamento foi apreendido e o suspeito detido.

O mesmo para continuar a operar uma estrutura própria, ilícito, prestação de serviço protegido de TV, instalação de equipamentos especialmente alteradas para a recepção do sinal codificado e proporcionando o acesso a um número notável de clientes, recebendo os pagamentos acordados.

O que é Cardsharing?

CardSharing consiste na partilha de um ou vários cartões de decodificação do sinal através da Internet. Os “clientes” pagar o serviço ilegal uma pequena taxa (em comparação com os preços praticados pelos operadores). Este não é um sistema em que são partilhadas as imagens ou o sinal de satélite ou cabo, mas apenas os dados de “decodificação” do sinal.

O cardsharing é uma das maiores ameaças para o atual modelo de pay-TV, sendo responsável por grandes perdas para as operadoras e as empresas que fornecem o método de criptografia utilizado nestes sistemas.

Engenheiro de TIC detido por fornecer TV Pirata

Em Portugal, os usuários que distribui ilegalmente o sinal de TV se comprometer com pelo menos quatro crimes puníveis com penas de até cinco anos de prisão e multas elevadas. Os crimes em questão são os de

  • Usurpação – que pode chegar a até três anos de prisão
  • Protecção das medidas tecnológicas – Pena máxima de um ano de prisão
  • Acesso ilegal – a Pena de prisão entre um e cinco anos
  • Detenção, de dispositivos ilícitos – a Penalidade pode ir até três anos de prisão

Estima-se que as perdas das companhias aéreas em torno de 600 mil euros por mês. Em Portugal, o preço mensal de uma assinatura para ter TV+Internet é de cerca de 31,4 milhões de euros.

A atividade foi desenvolvida na área de Abrantes. O suspeito, de 45 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para interrogatório.

Anah Becker

Sou determinada em tudo o que faço e acredito! Aprendi que apenas querer não é poder, sim querer e com determinação ir atrás dos objetivos sem medir esforços pois, somente com determinação e persistência alcançarei o meu objetivo final. Sou uma apaixonada pela natureza e pelo bom costume, detesto desculpas esfarrapadas e falta de ética, não me alio a pessoas que não tenham como sua meta a preocupação com o bem estar do seu próximo, assim procuro seguir as pessoas que procuram fazer o bem não importando o sexo, cor, religião, enfim que só se preocupam em viver em união saudável com todos os que a rodeiam. Sou uma pessoa normal e pretendo continuar assim, rsrs. Gosto muito de expressar a minha opinião sobre quase todas as coisas, enfim esta sou euzinha.

Website: http://receitas-deliciosas.ml/

1 Comentário

Deixe seu comentário...

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.